A Bíblia de Mary Jones – Dia da Bíblia

December 14, 2017

 

 

Recepção: Receba seus discípulos com alegria, conheça os visitantes, incentive a trazerem seus amigos para compartilharem desta comunhão.

Sugestão: Se possível leve uma bíblia bem grande. Ou confeccione uma com papelão. Existem várias sugestões no youtube, com o passo a passo.


Momento de oração: Ore e agradeça a Deus, abençoando aos presentes, suas famílias e os que faltaram. Ore pela cadeira vazia.

 

Cânticos: A Bíblia – Crianças Diante do Trono

 

Se você conseguiu confeccionar a bíblia, inicie a célula gerando expectativa no coração das crianças pela história que será compartilhada. Perguntem se elas conhecem a bíblia e se sabem o que está escrito na bíblia.

 

Então vamos a história: Vamos ouvir hoje a historia de uma menina cujo sonho era ter uma bíblia. Esta é uma história verdadeira. Aconteceu há mais de 200 anos. Fala sobre Mary Jones, uma menina que tinha o sonho de ter uma bíblia. Mary morava no País de Gales, na Europa. Ela vivia com seus pais numa casa feita de pedras, numa vila rodeada de montanhas. Naquele tempo as pessoas de pequenos vilarejos, não sabiam ler, pois não havia escola próximo. E era assim com a Família de Mary, nem ela, nem os pais sabiam ler. Mary era uma boa criança e ajudava a mãe nos trabalhos de casa: limpava o chão, alimentava as galinhas, cozinhava… E aos domingos, Mary colocava seu melhor vestido e ia com seus pais para a igreja. A igreja ficava a uns três quilômetros da casa da família Jones. Na igreja, Mary gostava de adorar a Deus com as canções e gostava muito de aprender as histórias daquele livro grande de capa preta que era lido domingo após domingo pelo pastor. Mesmo não sabendo ler, Mary tinha uma admiração especial por aquele livro, por seus personagens e histórias.

 

— Ah! Se eu pudesse ler esse livro! Ele tem tanta coisa bonita! Ah! Se eu tivesse minha própria Bíblia para ler em casa!

 

Quando Mary completou 10 anos recebeu a linda notícia que no vilarejo abriria uma escola. E aquela era a grande chance para que ela aprendesse a ler. E assim aconteceu ela foi a primeira pessoa de sua família que aprendeu a ler.

 

Quando Mary aprendeu a ler, havia um só desejo no coração dela: ter a sua própria Bíblia. Foi então que Mary pediu que seu pai fizesse um cofrinho de madeira em que ela pudesse guardar as suas economias.

 

Mary começou a trabalhar: tricotava e vendia meias, remendava roupas, criava galinhas e vendia os ovos, ajudava os fazendeiros a cuidar dos animais e a fazer as colheitas. Além disso, carregava água do poço até as casas que pedissem. Guardava cada centavo que conseguia. Aos sábados, ela ia visitar a senhora Evans e ler a Bíblia.

 

Depois de um ano, Mary contou o dinheiro do cofrinho, mas ainda não dava para comprar uma Bíblia. Foi uma amarga decepção, mas Mary persistiu. Ano após ano, ela trabalhou e economizou. Só depois de seis anos, Mary conseguiu o dinheiro suficiente para comprar a sua própria Bíblia. Nessa época, Mary estava com 16 anos. Mas aí surgiu uma segunda dificuldade: onde Mary poderia comprar uma Bíblia? Não havia Bíblias à venda em sua pequena cidade. Nem mesmo o pastor tinha uma Bíblia à disposição. Mary ouviu que Bíblias eram vendidas na cidade de Bala, que ficava a pelo menos 40 quilômetros de distância. Para chegar a Bala, Mary teria que percorrer um longo caminho que atravessava montanhas e florestas. A viagem era perigosa mesmo para uma jovem de 16 anos. No entanto, Mary tinha apenas um pensamento:

 

— Sonhei muitos anos com isso e estou disposta a conseguir a minha Bíblia!

 

O grande dia chegou. De manhã, bem cedo, a família Jones pediu a proteção de Deus para a viagem de Mary.

 

Em seguida, Mary se despediu carinhosamente de seus pais. Ela levava consigo três coisas: um lanche para o caminho, o dinheiro que ela arduamente havia ajuntado e um par de sapatos que ela pretendia calçar só quando estivesse perto de Bala. Como era pobre, Mary fez a longa viagem de 40 quilômetros a pé, descalça.

 

Depois de muito caminhar ela chegou a cidade e pediu informações para encontrar a casa de um pastor chamado Thomas Charles. Era ele quem tinha Bíblias para vender. Depois de bater em várias portas e pedir ajuda, por fim Mary encontrou a casa do pastor.

 

— Meu nome é Mary Jones. Eu moro numa vila atrás das montanhas. Andei 40 quilômetros para chegar aqui. Economizei durante seis anos para comprar uma Bíblia. O dinheiro está aqui nessa bolsa. Se o senhor quiser, pode contar. O senhor tem uma Bíblia em galês para mim?

 

— Mary. Sei que ter uma Bíblia é o sonho de sua vida. Você batalhou muito para isso e merece ter a sua própria Bíblia. Aqui está. Pode levar. É uma Bíblia em galês.

 

Mary deu um pulo de alegria. As lágrimas secaram e, com muito carinho, abraçou a Bíblia — aquela Bíblia preciosa era dela!

 

Ela finalmente chegou em casa.

 

— Olhe, papai! Olhe! É a minha Bíblia! — dizia Mary, com um sorriso de todo tamanho.

 

Depois de jantar, todos sentaram à luz da lamparina. Pela primeira vez, Mary abriu a Bíblia em sua casa e leu o Salmo 150: Aleluia. Louvem a Deus no seu Templo...Louvem o Senhor...pelas coisas maravilhosas que tem feito.(...)Todos os seres vivos louvem o Senhor! Aleluia!

 

Uau, que historia incrível, o que vocês acharam? Viram só o tanto que Mary batalhou para ter sua própria bíblia? Hoje nós temos o privilegio de ter a bíblia a nossa disposição quando quisermos. Essa semana no dia 10 de dezembro foi comemorado o dia da bíblia. Esse livro lindo que Deus deixou para nós com ensinamentos preciosos. Ele é nosso manual para vivermos a vida de Deus.

 

Então vamos conhecer um pouco mais desse grande livre aprendendo o nome dos livros que o compõe:

 

Dinâmica:

A grande corrida dos 66: Leve um cartaz contendo um índice com os livros da bíblia, em um tamanho que as crianças possam ler. O desafio é que cada um leia todos os livros no menor tempo possível, sem gaguejar ou se perder. Quem conseguir ganhar um prêmio (pode ser uma balinha). Se todos conseguir melhor ainda. Pode finalizar com a música A Bíblia – Crianças Diante do Trono.

 

Atenção:

No link abaixo você encontra os visuais necessários para contar a história. Ou se caso tiver o recurso necessário (uma TV) pode passar o vídeo contento a história.

 

Fonte:http://historiasdasementinha.blogspot.com.br/2013/05/a-biblia-de-mary-jones.html com adaptações.

Please reload

Últimos Posts

Crianças: a igreja do futuro, mas também a igreja de hoje!!!

September 2, 2018

1/2
Please reload

Posts Recentes

June 8, 2020

Please reload

Tags
Please reload

Redes Sociais
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic

AV. RECANTO DAS EMAS, QUADRA 304, LOTE 06 | RECANTO DAS EMAS | BRASÍLIA/DF

MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO MGA © 2017 SR TODOS OS DIREITOS RESERVADOS