O perfil do discípulo modelo

May 8, 2017

 

“... Sê exemplo (modelo) dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, no espírito, na fé, na pureza.” (I Timóteo 4:12)

 

“Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade...” (Tito 2:7)

 

Como é bom ver um discípulo exemplo, modelo, irrepreensível em toda a sua conduta, modo de pensar, vestir, andar e falar. Ele não é envergonhado, porque em todas as situações sabe proceder condignamente.

 

Mas vamos mencionar algumas características que nos levam a ter o perfil do discípulo modelo.

 

1. MODELO NA MATURIDADE 

 

“Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina. Os velhos (maduros), que sejam sóbrios, graves, prudentes, sãos na fé, no amor e na paciência.” (Tito 2:1,2)

 

Agir com maturidade é imprescindível para os velhos, os maduros, aqueles que já caminharam mais na vida, mas, independente da idade, encontramos jovens maduros, adultos maduros e até crianças maduras.

 

Quando a Bíblia diz velhos, significa maduros, alguém que desenvolve plenamente as suas funções. Porque a pessoa madura cuida bem da sua imagem, é zelosa na forma de se vestir e se apresentar; é decente, possui um padrão de excelência em tudo o que faz. Sua vida fala mais alto que suas palavras. Isso é ter maturidade, pois pessoas imaturas não sabem se comportar e não deixam legado, já que cometem muitos erros pelos lugares por onde passam.

Expressar maturidade é ser sério no procedimento, como nos instrui Tito. É, em tudo o que você faz, manter um comportamento condizente com as Escrituras, não envergonhando o Evangelho. 

 

2. MODELO NA LINGUAGEM

 

“Linguagem sã e irrepreensível, para que o diabo se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós.” (Tito 2:8)

 

Apesar do texto de Tito 2 ser muito usado para a mulher, o capítulo possui instruções para todos: velhos, mulheres idosas, jovens, mulheres novas e servos. 

 

Ser irrepreensível na linguagem não significa não precisar de correção nas palavras, mas em ter o máximo de cuidado para que tudo o que sair da sua boca seja sempre para promover edificação, transmitir vida, sabedoria e repreensão em amor!. Isso significa ter palavras precisas e viver buscando acertar em todas as coisas.

 

Não há como negar o quanto é extremamente desagradável estar perto de alguém com uma linguagem torpe. Agora, se já é ruim estar perto, imagine conviver com alguém que fala de forma descompensada e que não sabe utilizar com precisão as palavras. Nossa linguagem deve ser curada e liberar cura para outros.

 

O homem e a mulher que se movem segundo a vontade de Deus, procuram a hora certa de falar e de calar, os momentos apropriados para isso. Da próxima vez, reflita bastante sobre o que vai falar. Muitas vezes, calar é a melhor opção.

 

3. MODELO NA DEDICAÇÃO

 

“... Ser diligente é o precioso bem do homem.” (Provérbios 12:27)

 

A chamada para sermos modelos é em todas as áreas, inclusive na dedicação. Como você tem desenvolvido suas atividades? Uma pessoa dedicada, diligente em tudo o que faz, entrega-se com todas as suas forças à tarefa realizada; doa o seu ser em prol de algo ou de alguém; entrega a sua essência para ver cumprida a missão que lhe foi confiada.

 

Precisamos ser dedicados, pois dedicação e diligência fazem parte da nossa essência, são características impressas em nós e que devem ser transmitidas através da nossa forma de viver.

 

4. MODELO NO TALENTO 

 

“Então, chegando o que recebera cinco talentos...” Mateus 25:20,21

 

Muitos desejam ser talentosos e há os que afirmam não ser. Tenha certeza de algo: Você é talentoso! Ao formá-lo no ventre da sua mãe, Deus plantou em você talentos e habilidades. Falta apenas descobrir quais são eles e utilizá-los de forma adequada.

 

Seja modelo no talento que Deus confiou a você. Entenda o propósito do chamado e caminhe em obediência. Se você ler todo o texto de Mateus, verá que aquele que não multiplicou os talentos, não apenas os perdeu, mas viu os talentos sendo entregues ao seu irmão multiplicador.

 

Nós temos a bênção de Deus de ter o trabalho das nossas mãos prosperado por Ele, pois é o Senhor quem nos abençoa. A partir de hoje, busque desenvolver seus dons e talentos e veja quão usado você será pelo Senhor.

 

5. MODELO NA CONSOLIDAÇÃO

 

“Mas aquele Consolador, o Espírito Santo...” (João 14:26,27)

 

Quando somos consolidados pelo Espírito Santo somos modelo, porque recebemos libertação e cura e passamos a ter uma vida de intimidade com Deus. Quando somos consolidados, resolvemos com mais firmeza e lucidez problemas e enfrentamos as guerras com a convicção de que o Senhor estabelecerá Sua vitória sobre nós.

 

No processo da consolidação, é muito importante você se unir ao seu líder e receber o tratamento necessário para ser consolidado pela pessoa que Deus autorizou na Terra para cuidar da sua vida, ajudando-o a vencer as crises interiores. 

 

O Espírito Santo fala com você de diversas formas e uma delas é usando o seu líder, seu Apóstolo, Pastor... Ouça, submeta-se, cresça e avance para, em um futuro breve, consolidar outras vidas que precisam de ajuda, assim como você foi ajudado quando precisou.

 

Permita-se ser consolidado pelo Espírito de Deus para que a cura brote em suas emoções e você seja restituído e honrado. Ser consolidado faz de você uma pessoa mais acessível e facilitadora de relacionamentos, para consolidar, em primeiro plano, sua família, sua célula principal. 

 

Você mostra o quanto é consolidado quando, no seu processo de formação, as mazelas são removidas e você se torna seguro e convicto de que Deus está realizando uma obra sobrenatural em sua vida. E mais, em meio às tempestades, resiste aos ventos fortes e se mantém inabalável. 

 

6. MODELO NA FORÇA

 

“Não te mandei eu? Sê forte e corajoso, não temas, nem te espantes, porque o Senhor teu Deus é contigo por onde quer que andares.” (Josué 1:9)

 

Ser um homem e uma mulher fortes em Deus é ter vigor, ânimo, coragem, disposição para vencer. É ter a firme consciência de que, ao mesmo tempo, é possível ser modelo na maturidade, na linguagem, na dedicação, na consolidação pelo Espírito Santo e forte em Deus.

 

Uma Igreja forte espera o dia em que o Noivo, Jesus, vem buscar a Sua Noiva. Para isso, devemos sempre ter um forte testemunho e, ao mesmo tempo, um testemunho convincente, com a responsabilidade de servir a Deus todos os dias de nossas vidas.

 

 

Conclusão

 

Atualmente, é notório o quanto podemos nos inspirar em líderes fortes em Deus, que são modelos e referenciais de uma vida com testemunho irrepreensível. Esses são fortes, valorosos e compõem o poderoso Exército de Cristo.

 

Quando decidimos viver o legado que o Pai nos entregou, verdadeiramente tornamo-nos modelo para outros e formamos para Deus uma geração de honra. Portanto, necessitamos, cada vez mais, viver uma vida que agrade ao Senhor, para que possamos aprender o melhor dEle e servi-lO com toda força do nosso coração.

 

A nossa responsabilidade é viver o Evangelho em sua essência para que os ensinamentos do Mestre possam ser aplicados em nossas vidas e também em nosso lar, com os filhos, ensinando-os a guardar todos os princípios da Palavra de Deus.

 

Em nossa geração, somos a resposta, em Cristo, para restaurar outros e vivermos de acordo com I Timóteo 4:12 e Tito 2:7. “... Sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.”.

 

“Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade...”

 

 E que sua vida seja modelo, de tal forma que você possa olhar e dizer: “Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo.” (I Coríntios 11:1)​

 

 

Please reload

Últimos Posts

Crianças: a igreja do futuro, mas também a igreja de hoje!!!

September 2, 2018

1/2
Please reload

Posts Recentes

June 8, 2020

Please reload

Tags
Please reload

Redes Sociais
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic

AV. RECANTO DAS EMAS, QUADRA 304, LOTE 06 | RECANTO DAS EMAS | BRASÍLIA/DF

MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO MGA © 2017 SR TODOS OS DIREITOS RESERVADOS